A Vivência de Cultura Urbana é uma atividade inovadora impactante na vida de quem participa voltada para escolas/colégios particulares do ensino fundamental II e médio. A experiência vivencial de “Cultura Urbana” acontece por meio do intercâmbio cultural-social, Ensaio Aberto, oficinas de Grafite, Break Dance (Dança de rua), MC (Mestre de Cerimônia) e DJ (Disk jockey).

Para A Banca a Cultura Urbana é a junção de diferentes linguagens culturais com origem urbana e suburbana, vivida e aperfeiçoada conforme o tempo por “artistas anônimos” distintos e originais

Mostra 2

As oficinas tem o tempo de duração de até duas horas nas dependências das escolas com até 30 jovens por turma. Para  as saídas culturais sociais utilizamos o tempo de um período do dia, ou seja, manhã ou tarde para visitação de lugares diferentes da realidades dos jovens, com a capacidade de até 50 pessoas por saída com café da manhã, almoço, espaço físico e anfitriões e locais incluso.

Veja a seguir um pequeno vídeo do Sr. Wagner Cafagni Borja atual na época (2013) diretor do ensino médio do colégio Lourenço Castanho falando quanto é importante a Vivência de Cultura Urbana para escolas particulares homogêneas socialmente.

Atualmente (2016) Wagner é Vice-Diretor na Escola Nossa Senhora das Graças e continua apoiando A Banca com a Vivência de Cultura Urbana.

Está a fim de promover a quebra de barreiras sociais no espaço em que você atua?Entre em contato conosco e no informe sua necessidade e faça conosco um orçamento exclusivo que atenderá suas necessidades e ainda impactará positivamente a vida das pessoas que convivem com você. E-mail: contato@abanca.org

Nascido e criado nas quebradas dIMG_0931o Capão Redondo e JD. Ângela onde descobriu a cultura Hip-Hop que hoje se tornou seu estilo de vida. D.I.E.L enxergou dentro da música RAP, formas de ampliar sua visão musical, empoderar e empreender o seu sonho. Acredita na transformação da periferia através da música RAP e do conhecimento, em sua trajetória busca influências musicais dos gêneros reggae, soul, samba, rock entre outros, destaca alguns nomes como: Notorious B.I.G, Sabotage, Racionais MC´s, Facção Central, Bob Marley, Damian Marley, Tim Maia, Jorge Ben, Bezerra da Silva e 2 PAC.

 

A sigla D.I.E.L traz um significado que o rapper leva como um de seus lemas – D.I.E.L (Declamando Ideias de Expressão e Liberdade). D.I.E.L iniciou sua carreira como rapper quando participou de oficinas oferecidas pela produtora A Banca (www.abanca.org), pouco tempo depois passou a ministrar as tais oficinas. Foi dentro da  A Banca onde aflorou sua vontade em transformar seu “sonho” em realidade e  trabalhar com a música. Atualmente o rapper trabalha como educador e músico na Produtora A Banca.
Informações:

  • Daniel Bruno S. Mendonça Ferreira
  • Vulgo: D.I.E.L (Declamando Ideias de Expressão e Liberdade)
  • Idade: 20
  • Estado Civil: Solteiro
  • Endereço: Rua. Engenheiro Ricardo Medina – n°25 – Pq. Do Lago – São Paulo SP
  • Profissão: Rapper e Educador

 Seu histórico de atuação dentro da cultura Hip-Hop inclui grupos e coletâneas que participou, agora está lançando o disco solo “Dependente Rítmico” tendo 13 faixas inéditas.

D.I.E.L. é representado juridicamente pela produtora A Banca que vende e negocía seus shows, palestras, oficinas, bate papo, tarde de autógrafos, pocket show entre outros serviços solicitados.

Trabalhos musicais realizados 

Coletânea Reviva Rap lançada no ano de 2010 que juntou diversos artistas da música Rap em um concurso onde os vencedores de cada edição teriam direito a gravar uma música no CD.

D.I.E.L junto ao grupo Poesia Periférica participou com a musica “Taí o Rap”. 

CD “Conteúdo Misto” lançado em 2013 junto ao grupo Rimaístas no qual o rapper desenvolve um trabalho paralelo.

 

Diel

 

Coletânea Hip-Hop no AR, D.I.E.L ao lado do grupo “Rimaístas” participa na música “Tiro Certo ”.

Diel - Copia (2)

Disco Solo “Dependente Rítmico”

 

Ouça no Spotfy

download