QUEM SOMOS

A Banca é um negócio de impacto da periferia que proporciona uma mudança de perspectiva, contribuindo para a periferia ser empreendedora do seu sonho, com qualidade de vida, conectando pessoas e articulando o ecossistema.

Nascida em 1999 como movimento juvenil para fazer eventos de Hip Hop para sobreviver a dura realidade local onde o Jardim Ângela era o lugar mais violento do mundo segundo a ONU, em 2008 tornou-se uma empresa sem fins lucrativos após o processo de aceleração da ARTEMISIA. Já desenvolveu projetos culturais sociais de impacto social positivo com o governo Municipal do Estado e Federal inclusive projetos de leis de incentivo como a Lei Rouanet e ProAC Editais e vem sendo referência na conexão entre escolas publicas e particulares.

O grande diferencial da A Banca é que além de trabalhar a cultura e a música como educação, é colocado em prática o exercício de cidadania organizando, discutindo e conectando os jovens das periferias com outros atores da sociedade, sendo um momento de reflexão e conhecimento do que acontece ao seu redor, com discussões compartilhadas dando ao jovem total liberdade de expressão e sentimento de participar de algo positivo onde as pessoas escutam umas a outras. Tem a proposta de aprofundar questões como: saúde, meio ambiente, desarmamento, educação juvenil, moradia, quebra das barreiras sociais, empreendedorismo juvenil, fomento ao empreendedorismo cultural, transporte público, entre outros.

Missão

Conectar pessoas e quebradas de diferentes realidades e condições sociais para proporcionar o empoderamento dos sonhos e a quebra das barreiras sociais.

 

Princípios

Fomentar o empreendedorismo de impacto na periferia.

Fazer da tecnologia ferramenta multiplicadora de nossas ações.

Acreditar na cultura como potencial de transformação.

Causar impacto social positivo na sociedade.

Quebrar as barreiras sociais e económica que segregam a sociedade.

Compromisso com a diversidade de gênero.

Não perder o foco e disciplina, sempre ter positividade para as escolhas que forem tomadas.

Honestidade com a gente e com os outros.

Fazer de nossos sonhos a conexão com a transformação social positivo.

Acreditar nas pessoas, sempre!

Acompanhar as tendências e inovações sociais tecnológicas.

Fazer valer os direitos básicos para a periferia.

Ser protagonista de nossas vidas.

Proporcionar o protagonismo juvenil.

Fazer das dificuldades a aprendizagem para novas soluções.

Visão

Ser uma organização de referência mundial no fomento de negócios culturais sociais de impacto periférico.

 

Valores

Troca de conhecimentos, respeito, humildade, acreditar no sonho, vivenciar, força de vontade, resistência e resiliência, acreditar no protagonismo juvenil, foco e comprometimento no impacto social positivo para as pessoas, promover o olhar do coração, conectar-se com diferentes realidades, valorizar os conhecimentos populares e saberes periféricos e cruzar educação tradicional com educação e conhecimentos periféricos.

Nossas Referências

Artemisia, FGV/cenn, Vox Capital, Geekie, Muhammad Yunus, Racionais MC’s, Criolo, Emicida, Karol ComKa, Paulo Freire, Mário Sérgio Cortella, Literatura Marginal, Vivências na quebrada, Hip Hop, Feira Preta – Adriana Barbosa, Boogie Naipe – Eliane Dias, LAB Fantasma, Zero Neutro, Alto do Zé do Pinho, CUFA, Afroreggae, Bob Marley, Sérgio Vaz ( Cooperifa), Ferréz (1 Da SUL), Poesia Samba Soul, Literatura Marginal

Endereço: 

Estr. da Baronesa, 75

São Paulo/SP 

ANIP

  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Facebook Ícone

PRODUÇÃO CULTURAL

ARTISTAS

ESTÚDIO